Arquivos

Novo Desafio, novo projeto à vista

foto-1_ponto-da-mudancaOutro dia encontrei um texto anônimo perdido no meu computador, que trazia 40 Conselhos para uma vida mais feliz, e achei genial vários dos conselhos, mas principalmente o nº 04: “Ao levantares pela manhã, diga o seguinte: Meu propósito hoje é…”

Na correria do dia a dia, esquecemos de pensar no motivo pelo qual levantamos toda manhã, nos arrumamos e saímos para trabalhar. Ultimamente tenho pensado muito nesta questão: a vida tem que ser muito mais do que trabalho e contas a pagar. Então, a partir dessa inspiração, resolvi criar um novo desafio e, consequentemente, um novo projeto literário: todos os dias, de agora, até o final do ano, vou escrever um texto sobre o meu propósito diário. O de hoje, por exemplo, é: Cuidar mais de mim.  No final do ano, vou fazer um levantamento se todos os propósitos foram atingidos e se não, porque não foram.

Essa análise virará um novo livro de crônicas, que se chamará, O Ponto da Mudança, cujo projeto iniciei no ano passado e, por motivos de desorganização, ele acabou caindo no esquecimento.

Desta vez, não escreverei aqui no blog o texto completo, apenas o propósito, convidando a todos os leitores que tiverem interesse a participarem também da brincadeira, relatando os seus propósitos diários e as mudanças percebidas no dia a dia, ao levantar da cama sabendo que aquele não será apenas mais um dia, mas sim, o dia de se aventurar a vivenciar, em pequena escala, o seu propósito de vida.

Daí, você, leitor do Destralhando, pode se perguntar: O que esse texto tem a ver com organização? E eu respondo: Tudo! Porque o meu propósito maior, de vida, é ter uma vida organizada, conciliando família, trabalho e paixão. E, cada vez me convenço mais, que isso só será possível no momento em que eu vivenciar, dia após dia, o meu propósito. Por isso, parar alguns minutos para refletir sobre isso e escrever, exigirá organização e disciplina. Sendo assim, o Destralhando me pareceu a melhor vitrine, até porque, muitos dos propósitos diárias envolverão organização do tempo, da casa, da rotina, enfim, da vida!

Espero os comentários de todos no próximo post!

 

Anúncios

Reeditando o Destralhando e apresentando um novo desafio

Bom dia!

Hoje inicia uma nova fase do Destralhando a casa e a vida! Depois de um tempo ausente e de muitas mudanças na minha vida, inclusive um filho, que nasceu em agosto de 2015, resolvi retomar a escrita do blog a partir de um novo Desafio, apresentado pela Fê Neute, do blog Fêliz com A Vida.

Na postagem de 03 de maio a Fê Neute fala do Desafio Feliz com a vida, que consiste em sair da zona de conforto pelo menos durante uma semana por mês, fazer algo diferente, que traga um aprendizado.

Esse desafio é muito parecido com um que fiz em 2014, e que deu origem ao meu primeiro livro, o 30 Primeiras Vezes (em venda direta comigo também por e-mail: cristiane.snetto@gmail.com). De qualquer forma, motivada por essa postagem, comecei um novo desafio, que talvez gere um novo livro, baseado nos desafios que só a maternidade poderia me proporcionar.

O meu primeiro ato fora da minha zona de conforto foi iniciado hoje: Chegar ao trabalho maquiada (quase nunca uso maquiagem!), durante 05 dias consecutivos, para ver se aprendo ou se adquiro o hábito. Normalmente ando de cara lavada, demonstrando o cansaço de uma noite mal dormida ou as preocupações de uma vida pós licença maternidade, tentando adaptar o filho a uma alimentação fora do peito, etc…O que espero aprender com esse desafio é que preciso me lembrar da mulher, da profissional e da esposa que sou, além da mãe. Meu filho precisa me enxergar completa, e não como partes de quem um dia eu fui.

Talvez esse seja um desafio mais difícil do que possa parecer, pois chega até mim em um momento de fragilidade total e absoluta, de incertezas e de novas experiências espontâneas, a todo momento.

Talvez esse seja um dos posts mais introspectivos e que revela mais da minha vulnerabilidade, mas também o mais autêntico dos últimos tempos.

No que diz respeito especificamente ao Destralhando, concomitante ao desafio da maquiagem, também iniciei outro grande desafio, que é o da organização e do destralhe da minha casa. Mas isso será tema de outro post, pois esse já ficou gigante e se você leu até aqui, muito obrigada!

IMG_20160512_081041365

Dia 1: Maquiagem básica, feita antes de chegar ao trabalho.

Privacidade e a vontade de compartilhar.

Outro dia, lendo este post da Thais, do Vida Organizada, fiquei pensando sobre a exposição que um blog traz para o autor e os benefícios e malefícios que isto pode acarretar.

No meu caso, por exemplo, este blog é uma realização pessoal, um projeto de organização da minha vida, então cada avanço que obtenho, tenho vontade de correr para o computador, tirar fotos e postar o resultado de tanto trabalho. Por ser cada projeto realizado uma vitória, quero compartilhar tudo, mas de repente me dou conta que não posso ser assim, que este mundo virtual é muito bom, mas muito traiçoeiro. Então fico com dois corações, pois sem as fotos, parece que perde um pouco o sentido do blog, que é mostrar a organização na vida real. Mas por outro lado, é a minha casa, a minha vida com meu marido, não posso mostrar para o mundo a nossa intimidade, por mais que esse projeto seja importante para mim,

Assim, peço desculpas pela ausência de fotos, mas sempre que achar muita exposição, não publicarei, nenhuma imagem, apenas textos relatando meus progressos e avanços no Destralhando. Espero que compreendam.

Purificar a casa também é preciso.

Sexta-feira também é dia de pensar no final de semana! Sair ou ficar em casa, aproveitar com a família ou fazer um momento de você com você mesmo? O que o seu coração está pedindo neste momento?

Nem só de limpeza e organização vive uma casa. Um lar precisa de alma e de vida, acima de tudo.

Então nesta sexta-feira, ao invés de pensarmos apenas na organização da sala de convívio da família, vamos pensar em como purificá-la, renovar as energias com flores novas (acabei não comprando as flores ontem), mudando os móveis de lugar, acendendo um incenso, uma vela, ou fazendo qualquer coisa que lhe faça bem. Acredito que para esses rituais de purificação, não há nada regras, cada um sabe o que lhe faz bem e o que lhe conduz a um momento de reflexão.

 

03 semanas Destralhando

Hoje completa três semanas que conheci o site Vida Organizada,  o empurrão inicial para a minha onda de “destralhamento” do nosso apartamento e da minha vida. Então achei legal compartilhar como estou me sentindo e os benefícios e repercussões que esta atitude tem processado em mim.

1. Tenho tido mais disposição para fazer as tarefas.

2. Ganhei mais tempo, por incrível que pareça! (Até criei um blog sobre organização! Quem diria?)

3. Estou mais feliz e mais serena e as pessoas notam isso e comentam, o que me enche de orgulho!

4. Descobri que sou capaz de ser organizada e que não preciso viver no meio da bagunça e do lixo.

Ainda tenho muita coisa a fazer, mas no momento estou feliz com os resultados obtidos até aqui. E se posso dizer algo que motive outras pessoas a tomarem a iniciativa de se organizarem é que primeiro comecem, façam alguma coisa, para depois decidirem se são ou não capazes. Jamais desistam antes de tentar. Essa pode ser uma máxima dos cursinhos motivacionais, mas é a mais pura verdade!

Pequenos progressos até aqui:

– Organizei nosso guarda-roupa, ou grande parte dele…

– Destralhei a área de serviço, ainda falta organizá-la…

– Tenho um planejamento de vida para os próximos anos…

– Estabeleci rotinas e estou cumprindo-as, quase que diariamente.

– Pouco a pouco vou ganhando a ajuda do meu marido, sem brigas, sem cobranças, pelo exemplo e pela atitude proativa.

– Hoje qualquer pessoa pode me visitar a qualquer hora, não tenho mais vergonha, muito pelo contrário, me orgulho de poder ter e manter o nosso cantinho. Esse é o principal benefício de ser organizada! #não tem preço.

Rotina no trabalho

A inclusão de rotinas também no ambiente de trabalho é, mais do que importante, necessária, para todos. No meu caso, mais ainda, pois trabalho com assessoria executiva e se eu não for organizada, não só eu, como o executivo para quem eu trabalho também será afetado. Assim, durante este período em que estou focada em destralhar e organizar minha vida, também estabeleci uma rotina para o meu trabalho. Até o momento ela não está cem por cento operante, pois meu executivo é muito dinâmico e o ritmo de demandas dele muitas vezes não permite um nível “hard” de planejamento, mas vamos levando, pelo menos para não perdermos prazos de projetos importantes.

Ações que tem me ajudado no planejamento do trabalho:

– criar uma lista de tarefas – estou usando um dos sites indicados pela Thais Godinho, o www.toodledo.com. Comecei com a versão gratuita, pois ainda estou em fase de testes e adaptação. Mas ele tem sido de extrema utilidade e importância, mesmo na sua versão free. Mais importante do que criar uma lista é consultá-la frequentemente e atualizá-la sempre que surgir uma nova tarefa ou quando alguma ação for concluída. Quando chego no trabalho abro meu e-mail, o Toodledo, o Vida Organizada e o Google Agenda. A lista de tarefas, para planejar as três primeiras que irei fazer. O Vida Organizada para ler o post diário e me manter entusiasmada com a organização e o destralhamento da minha vida. Sempre que possível também dou uma navegada pelas páginas. Como só conheci o site este ano e ele já existe há 06 anos, minha meta é ler pelo menos uma página por dia! E no Google Agenda para controlar mais ou menos o tempo de cada atividade. Digo mais ou menos porque este foi um dos recursos que ainda não aprendi a utilizar muito bem, portanto, ainda estamos nos conhecendo e nos adaptando…

– organizar a caixa de entrada dos e-mails – essa sim, uma dica de ouro e que veio na hora certa. Criei subpastas para a caixa de entrada e ali vou arquivando por ações necessárias, tenho pastas de responder, de ações, de tarefas delegadas, de acompanhamento, de leitura e revisão e de concluídos. A ideia é que a de ações e de responder sejam liberadas no mesmo dia, mas quanto a isso também estamos nos adaptando… A de concluídos, arquivo todos os assuntos resolvidos, e na sexta-feira coloco tudo nas respectivas páginas de referências do arquivo morto. Tenho um pequeno problema que não gosto de deletar nada, pois sinto que posso precisar futuramente, mas aos poucos também pretendo organizar isso. Por enquanto esta divisão tem me ajudado bastante. Procuro resolver 03 e-mails do @ações e 03 e-mails do @responder de cada vez. Quando acabo estes, parto para mais três e assim sucessivamente,

– reservar um tempo livre para organização – 30min no início da manhã e 30min no final de cada turno para organizar o que foi feito e o que tem a fazer ainda. Nunca tinha feito isso porque parecia perda de tempo, mas agora faz todo o sentido!

– manter a estação de trabalho organizada. Básico. Uma amiga já tinha me dito que no emprego anterior aprendera a sempre deixar a mesa organizada de tal forma que se ela não retornasse ao trabalho no dia seguinte, qualquer um poderia continuar os trabalhos já começados. Parece meio cruel esse pensamento, mas é verdadeiro e necessário. Outro diam precisei sair mais cedo e vi pelo celular que meu chefe precisava de uma informação que estava na minha mesa do trabalho. Liguei para o escritório e minha colega rapidamente localizou a informação e passou para ele. Fiquei orgulhosa de estar organizada a esse ponto!

São pequenas dicas que fazem muita diferença na rotina diária.

A importância de ter rotinas diárias (e de não ficar dependente delas)

Este post estreia a Sessão Íntimo e Pessoal, onde colocarei relatos de como está sendo o processo de destralhar a casa para destralhar a vida!

Lendo o Vida Organizada tenho aprendido muito. Uma das lições que proporcionou o primeiro grande impacto na mudança do meu estilo de vida foi a criação de rotinas diárias. No site há várias sugestões, porém as que mais se ajustaram ao meu dia a dia são as rotinas matinal e noturna.

Minha rotina da manhã ficou assim:

– Levantar e preparar o café da manhã.

– Limpar a sugeira do meu cachorro.

– Lavar a louça.

– Estender a cama.

– Me arrumar (com a roupa já separada na noite anterior).

Como inicio cedo no meu trabalho, só consigo fazer isso de manhã e por enquanto ainda não tenho filhos, o que agiliza bastante a saída de casa. Mas cabe lembrar que a motivação para esta transformação na minha vida é justamente a maternidade. Assim, logo, logo outros itens se somarão a estes…

Minha rotina da noite ficou assim:

– Colocar a roupa para lavar (se o tempo do Sul permitir. Agora no Outono está quase impossível lavar as roupas todos os dias.)

– Preparar a janta.

– Desfazer a mesa da janta e preparar a do café da manhã.

– Tomar banho à noite para me estressar menos na manhã seguinte (outro conselho precioso do Vida Organizada!).

– Estender a roupa lavada.

– Escolher a roupa para o dia seguinte e preparar a bolsa.

– Ler um pouco no computador.

– Dormir cedo para acordar em condições no dia seguinte.

O que acredito ser o mais importante é levar essas rotinas de forma prazerosa, de tal maneira que elas não se transformem em algo enfadonho e pesado demais para todos. Na rotina noturna, havia a previsão de limpeza do banheiro, porém isso estava ficando um pouco estressante, pois o piso é branco e por mais que eu limpasse, no outro dia sempre tinha sujeira, então aboli da rotina noturna e faço quando dá. Às vezes todos os dias, outras dia sim, dia não, e vamos levando.

No momento em que a rotina se transforma em um novo fator de stress, então está na hora de revê-la, pois o objetivo é justamente o contrário, o de diminuir o stress e melhorar a qualidade de vida.

Este post não tem fotinho, mas sim o link para a página do Vida Organizada que fala sobre as rotinas. Aproveita e dá uma olhada em todo o site, ele é ótimo e inspirador!